Travel Plus?

A Travel Plus é muito mais do que uma agência de viagens, porque entendemos que viajar não tem a ver simplesmente com o deslocar-se de uma cidade para outra, mas sim, em conhecer novos lugares, vivenciar culturas e pessoas.

CONTATO

DESTINOS CAROS PARA OS NEGÓCIOS

10 cidades mais caras no mundo para viagens a negócios

crédito/fonte TRAVEL PULSE

A Eca International analisou centenas de destinos em dezenas de países ao redor do mundo para determinar as regiões mais caras para viagens a trabalho. Para elaborar o ranking, foram examinados critérios, como procura geral, custo médio de um hotel quatro estrelas, transporte, alimentação e lavanderia. Veja abaixo a lista das dez cidades mais caras para se fazer negócios.


10. Mônaco (França)
Monaco
Monte Carlo, Monaco. (photo via Garsya/iStock/Getty Images Plus)


O Principado de Mônaco subiu seis pontos em 2018, com a ajuda de Londres, que caiu no ranking após a votação de 2016 do Brexit e em meio ao forte desempenho do euro.



9. Basel (Suíça)
Basel
Basel, Switzerland. (photo via anderm/ iStock/Getty Images Plus)


Uma das três cidades suíças a compor a lista, Basel é outro recém-chegado aos dez destinos depois de ultrapassar a cidade londrina e subir três posições a partir de 2017.


8. Washington DC (Estados Unidos)
Washington
Washington, DC. (photo via Sean Pavone/iStock/Getty Images Plus)


A capital dos Estados Unidos será local de várias inaugurações de hotéis nos próximos anos. No entanto, a cidade continua sendo uma parada cara para os viajantes corporativos, ocupando o oitavo lugar do ranking.


7. Nassau (Bahamas)
Nassau, Bahamas
Nassau, Bahamas. (photo via dnaveh/iStock Editorial/Getty Images Plus)


A Paradise Island é um importante destino turístico, por isso os viajantes a negócios podem esperar que suas despesas sejam maiores nesta parte das Bahamas. A capital do país e centro comercial caíram apenas um lugar em relação a 2017.


6. Paris (França)
Paris
Paris (photo via Birute/iStock Editorial/Getty Images Plus)


De acordo com a Eca International, a tarifa média de um hotel quatro estrelas em Paris é a quinta mais cara do mundo. Sendo assim, não é surpresa que a cidade tenha crescido quatro posições neste ano.


5. Bridgetown (Barbados)
Bridgetown, Barbados
Bridgetown, Barbados. (photo via dbvirago/iStock/Getty Images Plus)


O turismo da região está subindo para níveis recordes em meio ao crescente interesse da América do Norte. Com o número de visitantes em ascensão, a realização de negócios em Bridgetown ficou mais cara.


4. Luanda (Angola)
Luanda, Angola
Luanda, Angola. (photo via AdemarRangel/iStock/Getty Images Plus)


Demandas de alta segurança e outros fatores do tipo fazem de Luanda o local mais caro para viagens corporativas na África e um dos cinco do mundo. A cidade portuária está atualmente no meio de um ambicioso plano de reconstrução.


3. Zurique (Suíça)
Zurique""
Zurich, Switzerland. (photo via Denis Linine/iStock Editorial/Getty Images Plus)


A maior cidade do país é um dos maiores centros financeiros do globo, apesar de uma população de menos de 400 mil pessoas. Ainda assim, a capital bancária do mundo vai fazer os viajantes gastarem bastante.


2. Genebra (Suíça)
Genebra
Genebra, Switzerland. (photo via sam74100/iStock/Getty Images Plus)


Genebra continua sendo o local mais caro para viagens a trabalho na Europa pelo segundo ano consecutivo e a segunda globalmente. O centro global do setor bancário e da diplomacia é sede das Nações Unidas e da Cruz Vermelha.


1. New York (Estados Unidos)
New York City
Manhattan. (photo via Melpomenem/iStock/Getty Images Plus)


A alta demanda de hotéis contribui para que a cidade americana seja o local mais caro para deslocamentos a negócios em 2018. Segundo a Eca International, a tarifa média por noite para um hotel de quatro estrelas é cerca de US$ 560 e a gorjeta obrigatória de 15 a 20% nas refeições aumenta ainda mais o custo geral.



Conteúdo original: Travel Pulse